in

Fragoleto vence Prémio Intermarché Produção Nacional com o Gelado Mediterrânico

O gelado biológico Mediterrânico, feito a partir de frutos secos típicos do Algarve – alfarroba, amêndoa, avelã e figo – venceu a sétima edição do Prémio Intermarché Produção Nacional na categoria Inovação em Embalagem.

Este reconhecimento resulta não só da combinação de sabores, mas também do facto deste gelado da Fragoleto chegar ao consumidor em caixas isotérmicas de 400 mililitros 100% compostáveis, o que faz com que estes recipientes sejam totalmente biodegradáveis, portanto eco sustentáveis.

 

Matéria-prima nacional

Manuela Carabina, fundadora da Fragoleto, salienta ainda que “o gelado Mediterrânico cumpre todas as preocupações de sustentabilidade social que a nossa marca tem vindo a colocar na sua atividade. As matérias-primas são portuguesas e biológicas, reduzindo assim ao mínimo a pegada de CO2 e contribuindo para gerar riqueza para uma rede de produtores locais. Por exemplo, a alfarroba vem do Algarve, as avelãs são adquiridas a um produtor da Beira Baixa e os figos e as amêndoas provêm de Trás-os-Montes. Como corolário desta estratégia de privilegiar a matéria-prima nacional, o gelado Mediterrânico adquiriu, em 2020, o selo Portugal Sou Eu”.

De resto, esta não é a primeira vez que o Gelado Mediterrânico é distinguido por um júri. Recorde-se que, em 2018, este gelado biológico da Fragoleto venceu a edição portuguesa do Gelato Festival e vai representar Portugal na final europeia, que se deverá realizar em 2021.

Para além de estar à venda na loja da Fragoleto, o gelado Mediterrânico encontra-se também disponível nos principais supermercados biológicos em todo o país, como o Go Natural, Celeiro e Miosotis.

Publicidade

Esporão Private Selection Branco 2018

Esporão Private Selection Branco 2018 no “Top 100” da Wine Enthusiast

Samsung MicroLED

Uma nova era na imagem com o Samsung MicroLED