in

Flowr Corporation em parceria com a Cookies para expandir a marca na União Europeia

A Flowr Corporation anuncia que a sua subsidiária integral, a RPK Biopharma, celebrou um acordo com a Cookies Creative Consulting and Promotions Inc., através do qual cultivará e distribuirá produtos da marca Cookies em Portugal, a partir das suas instalações GMP da União Europeia, em Sintra.

Assim, a RPK Biopharma terá os direitos exclusivos para vender produtos da marca Cookies, incluindo produtos sem canábis, em Portugal, durante três anos, sujeitos a determinados compromissos ao longo do tempo.

A Flowr iniciou o processo de importação da genética da marca Cookies, do Canadá para Portugal, e espera poder iniciar a sua produção comercial até ao final do ano. A Cookies irá auxiliar a Flowr no desenvolvimento de uma estratégia de distribuição a retalho em Portugal, através das redes de farmácias existentes no país e da conceção de até três pontos de venda a retalho de farmácias próprias no país.

 

Cookies

A Cookies é uma marca internacional de canábis dirigida por Berner, cofundador e CEO, um empresário e rapper de sucesso. A Cookies assumiu um papel de liderança no desenvolvimento da genética, com a estirpe Girl Scout Cookies, e tem estado na vanguarda da cultura da canábis a nível mundial.

Atualmente, a marca está disponível nos Estados Unidos, Canadá, Israel e Espanha. A marca estende-se, para além da canábis, ao vestuário e lifestyle. Em 2021, a Cookies foi eleita uma das melhores marcas de canábis (“one of the hottest”) no mundo pela Ad Age.

Vamos cultivar em Portugal as variedades de canábis mais reconhecíveis do mundo, incluindo Gary Payton, Cereal Milk, Gelatti, Pancakes e Pink Runtz. Assim como fazemos no Canadá, queremos que as nossas operações em Portugal cultivem apenas a canábis medicinal ultra premium e uma parceria com a Cookies foi muito óbvia para a companhia“, comenta Darryl Brooker, CEO da Flowr. “Mal podemos esperar para cultivar a genética da Cookies e exibir orgulhosamente a marca. Estabelecer esta parceria é o próximo passo na evolução do nosso negócio na União Europeia e irá proporcionar-nos uma vantagem competitiva no mercado da canábis medicinal na Europa, que se encontra em rápido crescimento”.

 

Cultivo

O facto de Portugal ter descriminalizado drogas ,no início dos anos 2000, e de os indivíduos nos Estados Unidos da América ainda estarem a ser detidos devido a canábis, 20 anos mais tarde, mostra ao mundo, principalmente aos Estados Unidos, que podemos aprender muito com o pensamento prospetivo. Os parceiros que escolhemos em Portugal têm uma das instalações mais avançadas que já vi e vão produzir das melhores canábis do mundo. São parcerias como esta que me mantêm entusiasmado com o crescimento e expansão da Cookies em todo o mundo”, afirma Berner, cofundador e CEO da Cookies.

A RPK Biopharma irá cultivar a genética da marca Cookies nas suas instalações interiores de 25 mil metros quadrados localizadas em Sintra. As instalações são de cultivo interior, onde se realiza o processamento de extratos e embalamento final do produto. As instalações de Sintra obtiveram a sua certificação GMP da União Europeia, no primeiro trimestre de 2020. A RPK Biopharma está posicionada para distribuir o seu produto medicinal a outros países europeus que permitam a venda de canábis medicinal.

O mercado europeu de canábis medicinal continuou a crescer à medida que outros países atualizaram os seus regulamentos para legalizar o uso medicinal de canábis. O Brightfield Cannabis Group estima que o mercado irá gerar mais de 570 milhões de dólares, em 2021, e atingir mais de 11 mil milhões de dólares, em 2025.

Publicidade

Ambre Solaire

Gama de protetores solares da Garnier com nova tecnologia e embalagem

Credorax

Credorax lança solução para prevenção de chargebacks