in

Filial ibérica lidera negócio da Coca-Cola European Partners

A filial ibérica, que integra os negócios em Espanha, Portugal e Andorra, liderou o negócio da Coca-Cola European Partners no primeiro semestre, com uma quota de 22%.

Esta filial concluiu os primeiros seis meses com vendas de 1.282 milhões de euros, mais 6% que no mesmo período do ano passado, acima da filial do norte da Europa, que integra a Bélgica, o Luxemburgo, a Holanda, a Noruega, a Suécia e a Islândia, cujas vendas cresceram 2%, para os 1.231 milhões de euros, alcançando uma quota de 21%. No caso da Alemanha, o crescimento foi de 5,5%, para os 1.171 milhões de euros, representando 20,5% do negócio da engarrafadora europeia. A filial do Reino Unido concentra 20%, com vendas 1.151 milhões de euros, mais 11%, e a francesa vale 16,5%, com as vendas a cresceram 10,5%, para os 967 milhões de euros.

A região ibérica assinalou sólido crescimento do volume, apoiado por uma climatologia favorável, melhorando as tendências de mercado. Estes resultados foram liderados pela Coca-Cola Classic, Coca-Cola Zero Açúcar, Fanta, Monster e Aquarius. Paralelamente, houve também um crescimento das receitas por caixa unidade, apoiado pelo crescimento positivo dos preços e pelos volumes das embalagens pequenas prioritárias, que cresceram 23,5% impulsionadas pela Coca-Cola.

Globalmente, as vendas da Coca-Cola European Partners atingiram os 5.802 milhões de euros no primeiro semestre, mais 7% em termos homólogos. O lucro líquido disparou 22%, para os 508 milhões de euros. “Conseguimos um bom resultado no primeiro semestre, o que reflete o nosso foco contínuo para impulsionar um crescimento rentável das receitas através da gestão de preços e mix de produtos e de uma presença e execução sólidas no mercado, juntamente com a conclusão bem-sucedida dos nossos compromissos da integração. Continuamos focados em aproveitar este impulso, depois de registar no terceiro trimestre do ano passado um comportamento positivo, incluindo a ampliação de alguns dos nossos lançamentos, como a Coke Energy e o recente lançamento de Costa pronto a beber, na Grã-Bretanha”, afirma Damian Gammell, CEO da Coca-Cola European Partners. “Hoje, confirmamos as nossas previsões para 2019. Continuamos a confiar nos nossos objetivos de crescimento anual a médio prazo, o que se traduz num investimento atrativo, sustentado por um balanço forte e flexível. Isto, em conjunto com o positivo crescimento dos dividendos e a continuação do nosso programa de recompra de ações, demonstra o nosso compromisso de oferecer valor sustentável para os nossos acionistas“.

Koala apresenta novas gelatinas Ananás e Maracujá 0%

Unilever lança carrinho de gelados com energia solar