in

Faturação da Parmalat com queda de 7,3%

O grupo Parmalat faturou 3.034 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, o que representa uma queda de 7,3% em relação ao mesmo período do ano anterior (3.274 milhões). A taxas de câmbio constantes e excluindo os negócios na Venezuela, a queda nas vendas permanece em 0,9%.

No entanto, o lucro líquido da empresa cresceu 30,4% ano a ano, de 30,6 milhões de euros em junho de 2017 para 39,9 milhões de euros no ano corrente. No entanto, o Ebitda contrapesou com resultados negativos (-20,8%), totalizando 146,6 milhões de euros.

A Parmalat reduziu os negócios em todas as regiões onde opera, exceto na Europa. A sua faturação no Velho Continente cresceu 3,6% ano a ano, chegando a 570,1 milhões de euros. No entanto, caiu na América do Norte, com 1,129 milhão de euros (-8,2%); América Latina, com 578,4 milhões (-20,9%); África, com 215,2 milhões (-1,8%); e Oceânia, com 502,6 milhões (-4,4%).

A primeira metade do ano confirmou os desafios significativos que o grupo enfrenta em alguns dos principais mercados em que atua, a Austrália e o Canadá em particular“, afirmou a empresa em comunicado.

Nesse sentido, as suas projeções para o ano todo apontam para uma queda nas vendas de cerca de 1% em relação ao ano anterior, enquanto calcula uma variação no Ebitda que está entre 0 e -3% ano contra ano.

Publicidade

Vendas da Campari descem

DHL Express alcança 300ª certificação internacional de segurança TAPA