in ,

Esquema evoluído de rotulagem nutricional quer promover dietas mais saudáveis

A The Coca-Cola Company, a Mars, a Mondelez, a Nestlé, a PepsiCo e a Unilever estão empenhadas em contribuírem para a promoção de dietas mais saudáveis e estilos de vida mais equilibrados.

Desta forma, procuram ajudar a resolver as questões relacionadas com a obesidade e com outras doenças não transmissíveis.

Uma rotulagem nutricional destacada na embalagem pode desempenhar um papel importante no sentido de informar os consumidores sobre os teores de nutrientes e o valor energético global dos alimentos que ingerem, permitindo-lhes, assim, fazerem escolhas mais saudáveis e alimentarem-se de forma mais consciente. “Concordamos na importância de os consumidores disporem de um sistema de rotulagem nutricional com significado, coerente e uniforme em toda a Europa, em conformidade com a regulamentação europeia. A proliferação de sistemas nacionais prejudicaria a compreensão do consumidor e seria um obstáculo ao mercado único”, dizem as empresas em comunicado.

No sentido de responder à evolução das necessidades dos consumidores e às expectativas das partes interessadas, a rotulagem nutricional na Europa tem evoluído e melhorado ao longo dos anos. Os comentários dos consumidores e as sugestões de nutricionistas internos e externos demonstram que o esquema atual de doses de referência (D.R.), que a indústria voluntariamente implementou, indo além das disposições mínimas, poderia ainda ser melhorado através da integração de um código de cores, permitindo uma interpretação mais fácil. “É igualmente importante garantir que um sistema de rotulagem codificado por cores e harmonizado ao nível da União Europeia encoraje a oferta de porções mais pequenas. Paralelamente à reformulação e à inovação, as porções mais pequenas (baseadas em porções credíveis) desempenham um papel fundamental para ajudar o consumidor a fazer escolhas mais saudáveis e devem, assim, ser reconhecidas como tal num esquema evoluído de rotulagem nutricional“.

Como resultado, estas empresas criaram um grupo de trabalho, que estuda a integração de porções no esquema de rotulagem nutricional com o código de cores atualmente existente e já aplicado no Reino Unido e na Irlanda. Os progressos neste domínio serão partilhados com as partes interessadas, assim como com outros intervenientes da indústria alimentar, retalhistas, organizações não governamentais e a Comissão Europeia, a fim de recolher os seus comentários e identificar uma solução credível e viável.  “Reconhecemos as discussões que decorrem a nível local e as empresas signatárias continuarão a empenhar-se de forma construtiva, de acordo com os progressos alcançados no referido grupo de trabalho e com as posições individuais de cada uma das companhias“.

O objetivo final é implementar um esquema sólido de rotulagem nutricional que ajude os consumidores a fazerem escolhas mais equilibradas e conscientes.

Publicidade

Danone

Mudanças na direção geral da Danone Ibéria

Chegou o novo Persil Lavanda Gel