in

Especialistas debatem economia circular em conferência internacional

A economia circular veio para ficar e, apesar de ser necessário abraçar vários desafios, há inúmeras oportunidades, como a geração de inovações sustentáveis, emprego e sinergias. Para debater tudo isto, a Sociedade Ponto Verde (SPV) organiza a “Conferência Economia Circular | Pensar o Futuro de Forma Circular”, no próximo dia 28 de fevereiro, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa

Na conferência, a SPV pretende responder às preocupações de todos os agentes da sociedade portuguesa e, sobretudo, procurar respostas para as dúvidas que persistem, de uma forma muito prática e orientada para a ação. O debate será promovido por alguns dos principais intervenientes na procura de uma melhor gestão dos recursos e materiais do nosso planeta, que passa pela valorização e extensão do tempo de vida dos mesmos. “As alterações necessárias nos modelos de produção e nos padrões de consumo só podem ser conseguidas através da economia circular, que tem um óbvio impacto na mitigação do aquecimento global. O problema está identificado, mas persiste a falta de alternativas ao modelo em que se baseia o nosso dia-a-dia. A organização desta conferência internacional é apenas uma parte do trabalho da SPV na promoção de uma agenda que deve ser global e com metas bem definidas. O poder político, as instituições públicas e privadas, a academia e todos nós, individualmente, temos muito mais do que uma palavra a dizer para promover uma melhor perceção e a materialização de ações concretas rumo a uma plena economia circular”, afirma a CEO da SPV, Ana Isabel Trigo Morais.

A sessão de abertura da “Conferência Economia Circular | Pensar o Futuro de Forma Circular” estará a cargo do primeiro-ministro, António Costa, e do presidente do conselho de administração da SPV, António Nogueira Leite. O encerramento será realizado pelo secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, e pela CEO da SPV, Ana Isabel Trigo Morais.

Entre os oradores confirmados estão o diretor de Projeto para a Economia Circular do SITRA – The Finnish Innovation Fund, Kari Herlevi, o CEO da Green Economy Foundation, Cillian Lohan, o diretor de Consumo e Produção Sustentáveis do Institute for Global Environmental Strategies, Lewis Akenji, a designer, cientista social e fundadora da The UnSchool of Disruptive Design, Leyla Acaroglu, o secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, e a fundadora do Circular Economy Portugal, Lindsey Wuisan, entre outros.

Plataforma de comércio online da Sonae e dos CTT já disponível

SIBS lança plataforma inovadora na tecnologia financeira