in

E-commerce vai representar 17% do mercado de retalho norte-americano em 2022

De acordo com um estudo da Forrester, os consumidores norte-americanos gastarão cerca de 460.000 milhões de dólares online este ano, com o e-commerce a preparar-se para representar 17% das vendas a retalho em 2022.

De acordo com Susan Wu, analista sénior da Forrester, “83% dos adultos norte-americanos que navegam na Internet fizeram uma compra na Amazon em 2016 e 55% utilizou a Amazon como recurso de investigação antes de fazer uma compra. A Forrester estima que um terço dos gastos em retalho online se faça através de um ‘pure player’“.

O Departamento do Comércio dos Estados Unidos da América indica que os consumidores despenderam 394.860 milhões de dólares online em 2016, mais 15,6% que em 2015, com o e-commerce a representar 11,7% das vendas a retalho totais. A Forrester espera que as vendas online cresçam 13% este ano. “O crescimento das vendas a retalho online começou a acelerar em 2015 e, atualmente, está a superar a taxa de crescimento do mercado offline em cinco pontos percentuais”, adianta Susan Wu.

Uma área que vai crescer particularmente rápido nos próximos cinco anos são os eletrodomésticos. Em 2022, de acordo com a Forrester, os eletrodomésticos substituirão os computadores como a terceira maior categoria de produto, com quase metade do gasto online.

Publicidade

Principais retalhistas britânicos recolhem produtos face a crise de contaminação de ovos

EUA abre investigação sobre concorrência desleal das azeitonas espanholas