in ,

DECO PROTESTE quer que o Governo adote o Nutri-Score

Nutri-Score

A DECO PROTESTE quer que o Governo adote o Nutri-Score, o logótipo nutricional colorido na frente das embalagens que ajuda os consumidores a escolherem alimentos mais saudáveis.

A organização vai entregar um dossiê aos grupos parlamentares e ao Governo e convida os consumidores a assinarem a carta aberta para exigir o Nutri-Score como esquema de informação nutricional oficial em Portugal, e que está disponível aqui.

Interpretar o valor nutricional de um alimento embalado pode ser um quebra-cabeças devido à lista de ingredientes e tabelas nutricionais, que embora relevantes, são complexas, difíceis de interpretar e exigem tempo de análise. Uma investigação da DECO PROTESTE, de abril de 2021, revela que 59% dos inquiridos não conseguem, ou acham difícil, perceber se a informação no rótulo nutricional está completa. Interpretá-lo não está ao alcance de quatro em dez inquiridos. Dois em dez afirmam mesmo não entender o impacto da alimentação na saúde.

Alguns estudos provam que o Nutri-Score é um esquema intuitivo. É ainda bem compreendido por pessoas com poucos conhecimentos em nutrição e com baixo nível socioeconómico, o que torna o Nutri-Score uma ferramenta que ajuda a combater as desigualdades sociais . O logótipo já foi adotado, de forma voluntária, em sete países europeus, reunindo o apoio de várias associações de consumidores e o consenso entre centenas de cientistas e profissionais da área da saúde.

Se queremos que os consumidores comam melhor, com mais qualidade, diversidade e mais equilibradamente, temos de ajudá-los a interpretar os rótulos nutricionais e escolher os melhores produtos”, explica Dulce Ricardo, Coordenadora da área alimentar da DECO PROTESTE. “Temos de entregar mais informação ao consumidor, que ele consiga decifrar imediatamente quando olha para o rótulo, daí que, para uma organização como a DECO PROTESTE, o Nutri-Score seja fundamental e a sua adoção seja essencial no nosso país”, conclui.

Em Portugal existem 5,9 milhões de pessoas com excesso de peso e o número de diabéticos ascende a 1 milhão. Tanto a obesidade, como a diabetes, são doenças crónicas associadas a uma alimentação inadequada. Chegou o momento de agir e apoiar os portugueses na adoção de dietas saudáveis e promotoras de saúde e bem-estar.

 

Nutri-Score

Em Portugal, algumas embalagens alimentares já têm o Nutri-Score. O logótipo retangular na frente das embalagens está dividido em cinco cores, à quais correspondem letras: verde – A, verde-claro – B, amarelo – C, laranja – D e vermelho – E. Os alimentos são classificados de acordo com o respetivo perfil nutricional. Os A e B podem ser consumidos mais regularmente, enquanto os que têm a classificação entre C e E devem ser consumidos de forma mais moderada.

O sistema consiste na atribuição de pontos consultando para isso a composição nutricional por 100 g ou 100 ml do produto e ainda a lista de ingredientes. Os pontos positivos incluem a proporção de fruta, legumes, leguminosas, frutos secos, azeite e óleo de colza e noz, tal como o teor em fibras e proteínas. Níveis elevados são considerados bons para a saúde. Os pontos negativos incluem energia (calorias), teor em gordura saturada, açúcares e sal. Níveis elevados são considerados prejudiciais à saúde.

O Nutri-Score foi proposto por uma equipa francesa de investigação em nutrição pública, liderada por Serge Hercberg, médico com especialização em epidemiologia e nutrição. É, desde 2017, a escolha da autoridade de saúde francesa, aplicável aos alimentos transformados e pré-embalados, incluindo bebidas não alcoólicas, para colocar na frente dos rótulos.

Pingo Doce

Pingo Doce elimina palhinhas de plástico de todos os seus produtos de marca própria

Emirados

Crescimento dos Emirados em 2021 abre oportunidades à exportação