in

DB Schenker implementa empilhador autónomo sem condutor

A DB Schenker introduziu a operação regular com um empilhador autónomo sem condutor, após a conclusão com sucesso de um projeto-piloto.

O sistema de transporte do fornecedor austríaco AGILOX transporta recipientes vazios a uma distância de cerca de 150 metros no armazém de Eching, perto de Munique. “Os empilhadores autónomos prometem inovação, precisão e eficiência para benefício dos nossos clientes. A DB Schenker está sempre aberta a soluções alternativas em logística de armazéns. No entanto, o nosso ativo mais importante são sempre os nossos colaboradores altamente qualificados: sem eles, não seríamos hoje um dos principais fornecedores de serviços de logística do mundo. Por este motivo, queremos aliviá-los, automatizando alguns processos logísticos, especialmente porque, atualmente, há uma escassez de trabalhadores qualificados em logística no mercado de trabalho”, afirma Xavier Garijo, administrador responsável pela Logística de Contratos da Schenker AG.

O AGILOX está equipado com um garfo de altura ajustável que pode ser usado para levantar e baixar contentores. Portanto, não é necessário que a equipa do armazém coloque os contentores manualmente no AGV (veículo guiado automatizado). O AGILOX também é capaz de gravar um mapa ao redor para navegação local num tempo muito curto. Isso significa que o uso do AGV pode começar apenas alguns dias após a entrega.

Com a ajuda de software inteligente, os funcionários da DB Schenker também podem configurar áreas operacionais e zonas de segurança, por exemplo, ou marcar áreas de armazenamento e estacionamento. Sensores e câmaras garantem que o AGILOX reconhece e evite obstáculos em tempo útil.

Nas instalações de Eching, a DB Schenker fornece peças de veículos para a produção de um reconhecido fabricante de automóveis alemão. Está a ser agora estudada a possibilidade de o AGILOX também ser usado noutros locais do fornecedor de serviços de logística.

Publicidade

Publicidade

Coronavírus deverá afetar transporte aéreo e retalho mundial

Mercado mundial de cerveja sem álcool crescerá anualmente 7%