in

Criteo revela as principais tendências de commerce marketing para 2018

A Criteo, a empresa tecnológica de commerce marketing, revelou o que espera ser as oito principais tendências do ecossistema em 2018.

Os consumidores param de pagar a sua assinatura de televisão por cabo para consumir conteúdo na Internet (conhecidos como cord-cutters). Consomem conteúdo multimédia e, portanto, as plataformas sociais (Facebook, YouTube, Instagram e Snapchat) vão priorizar o vídeo com conteúdo de qualidade. A percentagem de tempo online de consumo de vídeo aumentará constantemente e forçará os anunciantes, editores e agências de media a reorganizar-se e a concentrar-se mais no vídeo.

A compra por voz através de dispositivos como o Google Home ou a Amazon Echo será cada vez mais frequente. Os gestores de marcas acreditam que os dispositivos ativados por voz e os assistentes pessoais serão a tecnologia mais trabalhada nos próximos dois anos, de acordo com os resultados do relatório “Trade Marketing in Transition” da Kantar/Millward Brown. A tendência será a personalização da ativação de voz. Com dados abundantes sobre os interesses e preferências dos consumidores, as colunas inteligentes podem oferecer novos serviços ou serviços já existentes de forma personalizada.

A linha entre social-comercial está a ser esbatida através de serviços como o Facebook Marketplace, que, depois de estar presente nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, foi ampliado para 17 mercados europeus. Por sua parte, o Amazon Spark mostra imagens de produtos e permite compras instantâneas, como já fazem o Instagram eo Pinterest. Além disso, mais e mais empresas integrarão chatbots como o Facebook Messenger ou o WhatsApp. Na verdade, para competir com esses serviços, a Amazon também planeia lançar uma plataforma de mensagens instantâneas, “Anytime”, em 2018. Assim, enquanto as principais redes sociais possuem dados do consumidor, marcas e retalhistas precisam de encontrar o caminho para fortalecer o relacionamento com os seus clientes (e os dados que implicam).

A aquisição da Whole Foods pela Amazon deu à gigante da tecnologia o conhecimento de hábitos de consumo e oportunidades de vendas. Por sua parte, os principais retalhistas procurarão parcerias que lhes permitam usar melhor os dados de CRM na loja para encontrar e alcançar os consumidores online com campanhas personalizadas  e aumentar as vendas. Com isso, vai-se experimentar um aumento no ritmo do tráfego offline para interações online.

Para se manterem competitivos, os retalhistas e as marcas continuarão a agrupar os recursos de dados para personalizar o conteúdo e forjar relacionamentos mais consistentes com os clientes. 72% dos executivos de marketing acreditam que a colaboração em dados gerará maiores receitas, maiores lucros (65%) e maior satisfação do cliente (56%).

Os anunciantes procurarão maneiras de agilizar a gestão de elementos das propriedades do produto, incluindo descrições e imagens visuais. A gestão de dados será mais importante do que nunca, pois os anunciantes trabalham para correlacionar as informações do produto ao integrar os dados do comerciante com o conteúdo gerado pelo utilizador.

O regulamento geral de proteção de dados (GDPR) entrará em vigor em 25 de maio, afetando vendedores e empresas que procuram atingir mais de 500 milhões de cidadãos da União Europeia. O GDPR terá um impacto global e vai aplicar-se a todas as empresas que monitorizem os residentes da União Europeia para fins analíticos e de marketing. Ao garantir uma maior proteção dos dados de cada indivíduo, o GDPR recuperará a confiança dos consumidores, o que, por sua vez, beneficiará as empresas que ofereçam transparência e opções aos consumidores. A personalização, a confiança e a transparência vão de mãos dadas.

 Nos últimos seis meses, assistiu-se a aquisições e parcerias importantes: Amazon e Whole Foods, Amazon e Kohls, Walmart e o serviço Google Express, etc. Em 2018, muitos retalhistas e marcas buscarão possíveis aquisições estratégicas e parcerias para se manterem competitivos e expandir e fortalecer as suas operações.

Publicidade

5 tendências no packaging em 2018

Galp

Parceria com a Standvirtual permite comprar automóveis na Galp