in

Covid-19 com consequências negativas na fidelização

Foto Shutterstock

A pandemia provocada pela Covid-19 está a gerar consequências negativas na fidelização dos consumidores online, ao ponto de 27% questionar a sua lealdade para com as marcas devido ao aumento dos tempos de espera. 72% considera que o tempo de resposta é um aspeto fundamental para manter essa lealdade.

De acordo com o estudo “The State of Cx in 2020” da Simplr, 94% dos clientes que receberam uma resposta imediata (em menos de 60 segundos) através de canais como os chats, ficaram satisfeitos com a marca. No e-mail, o tempo de resposta médio é de 48 horas, sendo que as marcas melhor valorizadas respondem, em média, em 25,8 horas.

 

Menor satisfação

O estudo sublinha as diferenças existentes entre as respostas obtidas em fevereiro, mês anterior ao grande desenvolvimento da pandemia, e o mês de junho. Como alternativa ao contacto pessoal tradicional, 51% das empresas reforçaram a sua resposta remota durante estes meses, com uma maior adoção dos meios digitais.

Não obstante, tal não se traduziu numa maior satisfação, pelo contrário. A percentagem de empresas qualificadas pelos clientes como amigáveis após o seu contacto através do atendimento ao cliente caiu de 61%, em fevereiro, para 41%, em junho.

Publicidade

Coronavírus

Consumidores preparam-se para nova realidade de longa duração

Kit PIOLHOMANIA Terra Saboaria Artesanal

Terra Saboaria Artesanal lança kit para a prevenção de piolhos e lêndeas à base de ingredientes naturais