in

Costco abre apenas três das 50 lojas que tinha previsto em Espanha

A Costco não está a cumprir com o plano de expansão que tinha delineado para o mercado espanhol. Apenas três das 50 lojas anunciadas, há seis anos, foram ou estão em vias de ser abertas e a sucursal local não para de acumular prejuízos.

A empresa norte-americana conseguiu abrir apenas dois pontos de venda, em Sevilha e em Madrid, e está, desde há meses, a tentar abrir um terceiro em Las Rozas, também na comunidade autónoma de Madrid. Em 2016, último exercício com dados disponíveis, o volume de negócios da Costco em Espanha triplicou, para os 75 milhões de euros, mas os prejuízos acumulam. Constituída em 2012, a filial teve perdas de 52 milhões de euros nos cinco primeiros anos. A 31 de dezembro de 2016, os prejuízos elevaram-se até aos 23,2 milhões de euros, 44% mais que no ano anterior.

O modelo de negócio da Costco é o de um clube de compras, que oferece aos seus mais de 50 milhões de sócios a nível mundial, mediante o pagamento de uma quota anual de 40 euros, um número reduzido de marcas líderes ao melhor preço possível. Comercializa formatos de maior dimensão, para oferecer descontos superiores. Atualmente, gere 746 lojas em todo o mundo, 518 das quais no seu mercado de origem, os Estados Unidos da América. O seu segundo maior mercado é o Canadá, com 98 pontos de venda, seguindo-se o México, com 37, e o Reino Unido, com 28. Também está presente na Ásia com duas dezenas de lojas no Japão e nove na Coreia do Sul, Taiwan e Austrália. No ano passado, as vendas atingiram os 103 mil milhões de euros.

Publicidade

Tesco completa a aquisição da Booker

Aldi Portugal patrocina plataforma digital dedicada à promoção de estilos de vida saudáveis