in

Condições adversas’ fazem cancelar IPO da Sonae MC

A Sonae SGPS, S.A. informa que, face às condições adversas nos mercados internacionais, a oferta institucional não se concretizará, o que determinará, consequentemente, a não execução da oferta pública de venda de ações da Sonae MC.

Assim se pode ler no comunicado aos investidores onde a Sonae informa que a oferta pública de venda de 21,7 a 33% do capital da subsidiária Sonae MC não avançará.

O período de subscrição terminava a 18 de outubro, mas esta sexta-feira, dia 12, concluía-se a primeira fase da subscrição das ações. Os resultados da oferta seriam conhecidos na próxima semana e a negociação das ações na Bolsa estava prevista para 23 de outubro.

Era, precisamente para os investidores institucionais, que estava reservada a maior fatia do capital. Nas condições adversas indicadas pela Sonae no seu comunicado podem incluir-se a crise italiana, ea subida dos juros da dívida norte-americana, assim como os mínimos de quatro anos registados nos principais índices asiáticos. Esta quinta-feira, em Portugal, o índice PSI-20 fechou a cair 0,82%.

Publicidade

Preço prevalece sobre a inovação no grande consumo em Portugal

Gestores elegem menos carga fiscal como principal medida do OE2019