in

Compal apela à solidariedade dos portugueses e lança iniciativa Ajude-nos a Ajudar Moçambique

A Compal apela à solidariedade dos portugueses e lança iniciativa Ajude-nos a Ajudar Moçambique, em parceria com as organizações não governamentais (ONG) APOIAR e a SIC Esperança, que surge na sequência dos ciclones que recentemente afetaram este país.

Esta iniciativa vai apoiar 1.541 crianças e as suas famílias na Região da Beira, Dondo, ao reconstruir a Escola da Marcação e a Escola de Nhampuepue, ambas na Província de Sofala. Irá igualmente fornecer, durante um ano, as refeições escolares diárias e o material escolar aos alunos do ensino básico dessas mesmas escolas. “A Sumol+Compal tem uma presença relevante em Moçambique, onde emprega 112 colaboradores e está junto das pessoas através da marca Compal, muito querida e apreciada pelos moçambicanos. Sentimos de forma bastante próxima estas tragédias que afetaram o país e, desde logo, surgiu a pergunta: como poderemos fazer algo mais para ajudar? Algo que seja positivo, que envolva os portugueses e que traga um pouco de Moçambique às nossas mesas com a marca Compal, mas em que todo o montante recebido seja diretamente encaminhado para ajudar quem precisa”, afirma Duarte Pinto, presidente da Comissão Executiva da Sumol+Compal.

Compal da Terra nasceu precisamente em Moçambique e é feito com as frutas mais apreciadas pelas pessoas naquele país – manga, ata (anona), banana e malambe. A imagem do Compal da Terra é uma homenagem à Capulana, o tradicional tecido das mulheres moçambicanas, símbolo da história e da cultura do país.

Por cada embalagem de néctar Compal da Terra vendida, a marca Compal comparticipa com um euro a totalidade do valor de venda do produto, para apoiar o projeto de reconstrução. O arranque das obras será já no mês de junho, com duração prevista até dezembro. Os desenvolvimentos desta iniciativa podem ser acompanhados em www.compal.pt. “Ao nível das necessidades ainda sentidas na área, não podemos deixar de destacar a escassez de alimentos e a necessidade crítica de fazer chegar refeições diárias a centenas de crianças. Fazê-lo em contexto escolar, em escolas reconstruídas, equipadas de forma adequada e com os necessários materiais escolares, é uma outra vantagem importante desta iniciativa que promove, assim, o regresso a uma certa normalidade para o dia-a-dia destas crianças e das suas famílias”, afirma Helena Ribeiro Teles, presidente da APOIAR.

Esta é uma iniciativa da Compal em parceria com a ONG APOIAR e SIC Esperança e que é possível com o apoio do Continente, Golo (agência de comunicação de Moçambique), Live Content, Loyal Advisory, Pingo Doce, Simple Design, Tetra Pak e Wunderman.

Luxo lidera ranking dos sectores mais reputados em Portugal

Pernod Ricard Portugal lança projeto The Sommelier em parceria com Henrique Sá Pessoa