in

Comércio eletrónico na Europa atinge 477 mil milhões de euros em 2015

O comércio eletrónico na Europa irá atingir um volume de 477 mil milhões de euros no final de 2015, segundo um estudo realizado pela GfK para a Ecommerce Europe.

Para 2016, as previsões são de que o volume cresça para 540 mil milhões de euros e de que em 2017 se eleve para 609 mil milhões de euros.

Nos últimos quatro anos, as compras de bens e serviços online cresceram 15% ao ano no mercado europeu. O Reino Unido, a França e a Alemanha são os três grandes mercados, representando, em 2014, mais de 60% de toda a faturação. Só o Reino Unido vale 30%. Mas existem outros mercados a sobressair. Caso da Rússia, que apresentou o crescimento mais rápido em 2014 e que se espera, que este ano, alcance uma faturação de 21 mil milhões de euros e um crescimento de 25,4%.

O estudo revela, ainda, que o consumidor europeu faz, cada vez mais, compras transfronteiriças. Em 2014, 15% comprou bens ou serviços de países diferentes do seu, mais 25% que em 2015.

Publicidade

Autoridades norte-americanas reclamam à Coca-Cola 3.300 milhões de dólares de impostos

Centromarca demarca posição junto das forças partidárias nacionais