in ,

Comércio com papel fundamental na recuperação económica europeia

Foto Shutterstock

O EuroCommerce defende que os sectores do comércio a retalho e grossista irão desempenhar um papel importante na recuperação da economia europeia depois da pandemia de Covid-19, no seguimento do plano apresentado pela Comissão Europeia.

Comentando o plano de Bruxelas, Christian Verschueren, diretor geral do Eurocommerce, avançou que o sector se sente “encorajado pela abordagem positiva e ambiciosa da Comissão à recuperação da economia europeia após os danos massivos causados pelo vírus Covid. O nosso sector é, simultaneamente, diretamente dependente, mas também um catalisador do resto da economia. Os estímulos ao consumo irão, nesse sentido, representar um apoio para todos nas cadeias de abastecimento da Europa”.

 

Estimativas

De acordo com as estimativas, mais de 40% dos retalhistas e grossistas na Europa deverão fechar portas em alguns países, particularmente, lojas não alimentares e pequenos retalhistas e grossistas.

O EuroCommerce também indica que o consumo privado, que contribui para 50% do Produto Interno Bruto da União Europeia, irá fazer a diferença. O organismo enfatiza a necessidade de injetar liquidez na economia e assegurar que o dinheiro chega às empresas que dele necessitam o mais rápido possível.

Publicidade

portugueses

Portugueses inseguros com o controlo da DGS

Companhia Portugueza do Chocolate

Companhia Portugueza do Chocolate inaugura com nova imagem