in

Coca-Cola European Partners quer tornar elétricos todos os seus veículos até 2030

A Coca-Cola European Partners (CCEP) aderiu à EV100, uma iniciativa global que reúne empresas empenhadas em acelerar a transição do transporte para veículos elétricos (VE) e em tornar a mobilidade elétrica o modo de transporte mais comum, até 2030. Assim, a CCEP compromete-se a substituir toda a sua frota por veículos elétricos ou com baixas emissões, nas áreas onde não é possível incorporar o transporte elétrico, até 2030.

Este anúncio surge na sequência do recente lançamento do novo plano de ação climática da CCEP, que inclui o objetivo de alcançar a neutralidade de carbono até 2040, bem como um novo objetivo baseado em critérios científicos de reduzir as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) na sua cadeia de valor em 30% até 2030.

As emissões de GEE geradas pela frota da CCEP representam cerca de 17% das emissões diretas da empresa. Esta área é, portanto, uma peça fundamental para se tornar numa empresa neutra em termos de emissões.

 

Frota da CCEP

Atualmente cerca de 5% dos veículos da CCEP são elétricos ou híbridos plug-in. No âmbito da iniciativa EV100, a CCEP irá trabalhar para assegurar que os cerca de oito mil carros e carrinhas da sua frota de veículos ligeiros (com peso inferior a 3,5 toneladas), bem como metade dos cerca de 700 veículos pesados de mercadorias (com um peso superior, de 3,5 a 7,5 toneladas) em utilização na Bélgica e na Alemanha, sejam híbridos eléctricos ou plug-in.

Em Portugal, a CCEP irá atualizar toda a sua frota comercial para veículos híbridos, durante o primeiro semestre. Esta medida permitirá à empresa acelerar o trabalho já realizado em países como a Noruega, Suécia e Alemanha, onde mais de metade da frota comercial já é composta por veículos elétricos ou híbridos plug-in.

Além disso, a CCEP também facilitará aos seus colaboradores a utilização deste tipo de veículos, instalando pontos de carregamento nos locais de trabalho, permitindo-lhes recarregar os veículos elétricos em casa, no trabalho e durante as suas deslocações.

Fazer parte desta iniciativa é outro passo importante no processo de transformação da CCEP numa empresa com baixas emissões de carbono. Assumimos o compromisso de reduzir as emissões de GEE em toda a nossa cadeia de valor em 30%, até 2030 (com base nos dados de 2019), e a utilização de veículos elétricos é crucial para alcançarmos a nossa ambição de sermos uma empresa neutra em carbono, até 2040. Temos orgulho em utilizar a nossa dimensão para apoiar a EV100 no impulso dos veículos elétricos (EV) e para tornar a mobilidade elétrica o modo de transporte mais comum, até 2030“, afirma Joe Franses, vice-presidente de Sustentabilidade da CCEP.

Publicidade

IKEA

IKEA lança loja online global de peças suplentes

agroalimentar

União Europeia prevê impacto positivo no sector agroalimentar