in

Chivas Regal entrega prémio a startup que quer mudar o mundo

O músico e empreendedor will.i.am esteve esta quinta-feira, dia 24 de maio, em Amesterdão para premiar o vencedor do Chivas Venture 2018, a competição internacional da Chivas Regal que atribui, todos os anos, um fundo de um milhão de dólares às startups de impacto social mais promissoras do mundo.

A startup britânica Change Please foi a grande vencedora, recebendo 350 mil dólares, no seguimento do seu pitch num dos festivais tecnológicos mais conhecidos da Europa, a TNW Conference, em Amesterdão, perante centenas de entusiastas de tecnologia, investidores e empreendedores.

Change Please capacita pessoas sem-abrigo, tonando-as empregadas de mesa em cafés. Sediada em Londres, a startup tira pessoas sem-abrigo das ruas e certifica-se que encontram uma casa em 10 dias, proporcionando também uma conta bancária e trabalhos que permitam suportar o custo de vida londrino. O seu café, servido em copos amigos do ambiente, tem uma origem eticamente responsável, de quintas que apoiam as comunidades locais mais necessitadas.

A final global, apresentada pelo ator e apresentador de televisão Richard Ayoade, foi o culminar da quarta edição do Chivas Venture. A competição deste ano reuniu 2.600 candidaturas, das quais 27 foram selecionadas para competir pelo fundo de um milhão de dólares da Chivas Regal. O júri avaliou cada startup com base na sua capacidade para promover uma mudança sustentável através de um modelo de negócio viável e com potencial de expansão.

As quatro outras startups que chegaram até ao final e receberam um fundo significativo foram a holandesa Mestic (200 mil dólares), que converte desperdício de estrume de vaca em têxteis, plásticos e papéis biológicos;a espanhola BraiBook (100 mil dólares), criadora do primeiro eReader de Braille; a malaia The Picha Project (50 mil dólares), que apoia comunidades marginalizadas através de um negócio de catering e entrega de comida sustentável; e a norte-americana change:WATERLabs (50 mil dólares), que desenvolveu sanitas sem água para lares com défice de condições sanitárias e comunidades de todo o mundo.

Um prémio de Escolha do Público foi também atribuído ao vivo pelo público presente e por cerca de 420 mil espectadores a assistir através do “live stream” a Eric Sicart da BraiBook, no valor de 50 mil dólares.

Graças à iniciativa Chivas Venture, estamos a reconhecer uma nova vaga de empreendedores que sabem o que querem mudar. As grandes estrelas do amanhã são os fundadores de empresas como estas que resolvem os problemas do mundo. Agradeço à Chivas por apoiar e destacar startups de impacto social que estão a mudar o mundo para melhor”, afirmou will.iam.

Chivas Venture é uma iniciativa da qual eu me orgulho, em particular. Mais do que uma competição, ela junta empreendedores e inovadores que geram um impacto real no mundo, mudando a forma como fazemos negócio. Já atribuímos três milhões de dólares de fundo desde que a competição começou e os nossos finalistas estão agora a melhorar as vidas de cerca de um milhão de pessoas em 40 países de seis continentes. Não é um retorno de investimento nada mau”, destacou Alexandre Ricard, chairman e CEO da Pernod Ricard.

Atualmente no seu quarto ano, o Chivas Venture recebeu cerca de oito mil candidaturas até à data. Desde que começou, em 2014, os finalistas da competição já impactaram cerca de um milhão de pessoas em 40 países de seis continentes. As startups apoiadas pela Chivas reduziram cerca de 60 milhões de toneladas de CO2, reciclaram 13 mil toneladas de desperdício e salvaram cerca de oito milhões de árvores e um milhão de colónias de abelhas. 75 mil dias de educação já foram proporcionados a mulheres e raparigas, 24 milhões de litros de água potável foram dados e 23 mil lares têm agora energia segura.

Publicidade

Investimento em jato de tinta pode permitir poupar 176 milhões de euros até 2020

Miguel Bombarda

Meu Super abre na Miguel Bombarda, em Lisboa