in ,

China impulsionará o crescimento das transações de comércio eletrónico global até 2024

O crescimento chinês elevará os valores das transações de comércio eletrónico em 43%, para 4,8 biliões de dólares até 2024, de acordo com um relatório da Juniper Research.

A pesquisa mostrou que o comércio eletrónico chinês vai passar por um crescimento de 62% em valor, nos próximos quatro anos.

O relatório constatou que as melhorias na conectividade permitirão o aumento do comércio eletrónico em novos mercados, instando os fornecedores de soluções de pagamento a procurar novos fluxos de receita nas regiões emergentes para compensar o lento crescimento nos mercados desenvolvidos, com ênfase particular no potencial dos pagamentos móveis que não exigem uma conta bancária vinculada. “A popularidade das carteiras móveis está a ter um efeito disruptivo“, diz a consultora, “com os cartões físicos a tornarem-se menos importantes para o mercado de pagamentos“.

Consequentemente, a pesquisa sugere que as redes de cartões devem ser proativas, olhando além do cartão, envolvendo-se em iniciativas bancárias abertas e oferecendo experiências omnicanal aos utilizadores. “As redes de cartões devem alavancar a sua capacidade de investir e estabelecer parcerias com os principais ‘players’ para ganhar escala em novas áreas ou deixarão de diversificar os seus fluxos de receita e ficarão vulneráveis ​​a futuras disrupções“, indica Susannah Hampton, autora da pesquisa.

Publicidade

Grupo Nabeiro produz material de proteção para ajudar a combater o novo coronavírus

Portugueses alteram rotina de compras