in

Carrefour cai na bolsa após saída do multimilionário Bernard Arnault

Foto Karolis Kavolelis/Shutterstock

As ações do Carrefour caíram mais de 4% na Bolsa de Valores de Paris, depois de o grupo de distribuição francês anunciar a saída do investidor multimilionário Bernard Arnault, que estava presente por meio do holding de investimento Grupo Agache.

O Grupo Agache anunciou hoje a sua decisão de vender o restante da sua participação no Grupo Carrefour. Este anúncio conclui a saída gradual que começou em setembro de 2020“, disse o retalhista em comunicado.

O Grupo Agache “apoiou de forma confiável o Grupo Carrefour nos últimos 14 anos”, lembrou na nota o presidente e CEO do Carrefour, Alexandre Bompard, que agradeceu a Arnault pelo “apoio em cada etapa da transformação” que a empresa empreendeu nos últimos anos.

 

Queda na Bolsa

O anúncio da saída do Grupo Agache foi recebido negativamente pelos investidores, e as ações do Carrefour caíram continuamente mais de 4% ao longo de toda a manhã, da passada quarta-feira, na Bolsa de Valores de Paris, atingindo 4,51% perto das 9h30 GMT, embora tenham perdido mais de 5% apenas na abertura da sessão.

Bernard  Arnault, de 72 anos, é dono do grupo de luxo LVMH e tem participações em várias empresas e, de acordo com o último ranking anual da revista Forbes, de abril passado, teria a terceira maior fortuna do mundo, avaliada em cerca de 150 mil milhões de dólares.

Publicidade

Grupo ETSA

Grupo ETSA adquire 70% do capital da Tribérica

consumidores

Apenas 34% dos consumidores comprarão nas lojas físicas em 2021