in

Autoridades norte-americanas bloqueiam fusão entre a Staples e a Office Depot

As autoridades da concorrência norte-americanas bloquearam a fusão entre a Staples e a Office Depot. Segundo o regulador, o negócio reduz significativamente a concorrência no mercado do equipamento de escritórios, uma vez que estas duas insígnias são os maiores concorrentes.

É uma repetição do que aconteceu há quase duas décadas, quando a FCT também bloqueou os esforços da Staples para se fundir com a Office Depot. Na altura, a razão apontada para o veto era a sobreposição de pontos de venda.

A Staples e a Office Depot irão agora a uma audiência, agendada para 10 de maio, para demonstrar que a decisão da FCT se baseia numa análise errada da paisagem competitiva em que as duas insígnias se movem. Até porque a opção agora tomada contradiz a que foi feita para a fusão entre a Office Depot e a OfficeMax, em 2013, quando a FCT declarou que se tratava de um mercado muito competitivo.

A Staples e a Office Depot pretendem demonstrar que as autoridades subestimam o efeito disruptivo dos novos concorrentes da economia digital e ignoram a concorrência que a primeira enfrenta por parte de vários operadores, incluindo os fabricantes que vendem diretamente os seus produtos aos clientes.

Publicidade

PRIMAVERA

PRIMAVERA responde às novas exigências fiscais de inventário permanente

AdegaMãe acrescenta Pinot Noir à sua gama de tintos