in

APOL desenvolve estudo de mercado sobre operados logísticos

APOL

A atual Direção da Associação Portuguesa de Operadores Logísticos (APOL) está a desenvolver um estudo de mercado com o objetivo de diagnosticar o sector dos operadores logísticos em Portugal.

A falta de conhecimento deste sector, que se mostrou essencial e crítico nesta fase que vivemos, e que é responsável pela geração de muitos empregos no território nacional, levou a Associação a procurar parceiros que a ajudassem a perceber quais os players do mercado e as suas propostas de valor.

Este inquérito visa apresentar informação concreta sobre o sector no país, nomeadamente os serviços prestados, as infraestruturas logísticas existentes, a capacidade de armazenagem, os sistemas de informação utilizados, o número de colaboradores e a tipologia de clientes/sectores de atividade.

É crucial perceber os desafios e as preocupações atuais dos operadores logísticos, e as suas perspetivas para o futuro.

Parceiros

A Associação tem como parceiro a Escola Superior de Ciências Empresariais, do Instituto Politécnico de Setúbal que através de um trabalho de investigação dos alunos de Mestrado em Ciências Empresariais irá desenvolver este estudo.

A APOL conta também com a parceria da revista Supply Chain Magazine como Media Partner deste projeto.

A APOL é uma associação que tem como missão dinamizar a competitividade do país pela promoção da subcontratação logística. Presidida por Nuno Rangel para o triénio de 2019 – 2021, reforça o compromisso de contribuir de forma ativa e decisiva para o futuro do sector logístico e consequente desenvolvimento da economia nacional.

REISSWOLF

REISSWOLF lança serviço de recolha de equipamento de proteção individual

CTT instalam Cacifos 24H com novo conceito