in

Amazon recorre às “selfies” para validar compras

As “selfies” podem passar a representar pagamentos de compras online, de acordo com um novo projeto que está a ser desenvolvido pela Amazon.

Às clássicas passwords, códigos de acesso ou perguntas de identificação podem somar-se as “selfies” para verificação do utilizador. A Amazon quer patentear este conceito, que poderá revolucionar as compras online, uma vez que basta apenas uma fotografia para que se possam levar a cabo. Para além da foto, a Amazon está também a equacionar aceitar pequenos vídeos dos utilizadores.

No ano passado, a MasterCard tinha também anunciado que está a estudar a introdução do reconhecimento facial para efetuar pagamentos. De resto, o Windows 10 já permite iniciar sessão através do scan da face.

O que a Amazon pretende é que, de modo a que seja efetuado o pagamento, o cliente faça uma foto sua a piscar o olho, a tocar na orelha ou a sorrir, de modo a se comprovar que não é um robot. Com este sistema, justifica a Amazon, evita-se que os hackers possam fazer compras no lugar de outro utilizador ou que os menores comprem algo sem o consentimento dos pais. “As passwords são mais incómodas e podem ser esquecidas, roubadas ou descobertas, mas é difícil falsificar um rosto capaz de piscar o olho ou sorrir”.

Publicidade

MAPFRE Asistencia estabelece acordo com Staples

Tetra Pak adquire empresa holandesa de moldes para queijo Laude