in

Adega Ponte da Barca e Arcos de Valdevez cresce 20%

Em ano de pandemia, a Adega Ponte da Barca e Arcos de Valdevez cresceu 20% nas suas vendas, impulsionada pela exportação, que representou, no primeiro trimestre de 2021, 75 % do negócio. Entre 2015 e 2020, o volume de negócios cresceu 110 %. Em 2020, o volume de negócios da Adega Ponte da Barca e Arcos de Valdevez ficou próximo dos seis milhões de euros.

O recém-eleito presidente da Adega Ponte da Barca e Arcos de Valdevez, Rui Folha, anterior vogal, salientou que a missão “é produzir vinhos verdes genuínos, com carácter, refletindo o terroir dos vales dos rios Lima e Vez. A valorização dos colaboradores e associados, a sustentabilidade ambiental e o fecho do ciclo de aquisição de novos equipamentos com tecnologia de ponta são as linhas mestras que a adega definiu para sustentar o seu acelerado crescimento”.

De acordo com Rui Folha, a sustentabilidade é também uma prioridade estratégica. “Queremos estar na linha da frente nesta matéria, bem como na responsabilidade social, na empregabilidade local e contribuir para o bem comum”.

Publicidade

Renova campanha França

Renova lança campanha multimeios em França

FAO

Preços dos alimentos disparam 40%