in

IKEA cresce 4,5% em Portugal

Foto Shutterstock

A IKEA Portugal atingiu um crescimento de 4,5% nas suas vendas, no ano financeiro de 2019, a par dos 5% de crescimento anunciados pelo Grupo Ingka.

De acordo com a empresa, este desempenho foi sustentado nos diferentes canais, potenciado pelo investimento em novos pontos de contacto e novos serviços. “Temos uma visão poderosa. Trabalhamos, todos os dias, para criar um melhor dia a dia para a maioria das pessoas. Para que isto seja real, queremos estar cada vez mais perto de mais portugueses, seja através de novos pontos de contacto, seja com o apoio de novos serviços. Esta transformação tem sido uma aposta contínua da IKEA Portugal, que queremos ver reforçada, investindo na conveniência e na qualidade dos nossos produtos e serviços, a preços cada vez mais acessíveis”, afirma Ricardo Pereira, CFO da IKEA Portugal.

A IKEA Portugal cresceu em 4,5% as suas vendas face ao ano anterior, equivalente a 478 milhões de euros, com cerca de 16,7 milhões de visitantes nas suas cinco lojas (Alfragide, Braga, Loulé, Loures e Matosinhos) e 34 milhões de visitas ao site IKEA.pt. De notar o crescimento do valor das vendas online em 57%, como reflexo das novas expectativas de conveniência do consumidor.
A par dos resultados nacionais, o Grupo Ingka anunciou os seus resultados de vendas globais, em relação ao mesmo período, registando 36,7 mil milhões de euros. As vendas online cresceram 46%, representando agora cerca de 11% do total.

Este crescimento é o resultado dos vários investimentos realizados pelo Grupo Ingka durante o ano, incluindo a abertura de novas lojas em grandes centros urbanos, o reforço da rede de distribuição e serviços, bem como a crescente aposta em energias renováveis e no desenvolvimento digital. “Tivemos um ano muito positivo. Enquanto passamos por uma das maiores transformações da nossa história, mantivemos um forte desempenho em todas as nossas áreas de negócio, graças ao trabalho de equipa de todos os nossos colegas incríveis em todo o mundo, que continuam a demonstrar liderança e empreendedorismo todos os dias. Queremos continuar a crescer de forma responsável e sustentada no longo prazo. Esta é maior responsabilidade da nossa geração e sabemos que o sucesso futuro depende da nossa capacidade de ter um impacto positivo nas pessoas e no planeta, integrando a sustentabilidade em todos os aspetos das nossas operações de retalho”, afirma Jesper Brodin, CEO do Grupo Ingka.

Ao longo de 2019, o Grupo Ingka abriu sete lojas IKEA tradicionais, 11 lojas de pequeno formato e Estúdios de Planificação, um deles em Sintra, nas principais cidades do mundo, como Moscovo, Nova Iorque, Paris e Londres.

A Inter IKEA Systems B.V., detentor do conceito IKEA e franchisador global, também anunciou os resultados totais de vendas das operações de retalho IKEA, com um total de 41,3 mil milhões de euros em todos os 12 franchisados.

Publicidade

Publicidade

Programa de inovação do Grupo Nabeiro distinguido internacionalmente

APP – Advanced Products Portugal promove debate sobre inovação na exportação nacional