in

Vinhos de Portugal reforçam aposta no Reino Unido com iniciativas para profissionais e consumidores

O Reino Unido é o mercado em foco, esta semana, na estratégia de promoção externa da ViniPortugal. Reforçar os laços históricos entre os dois países e posicionar a qualidade dos vinhos portugueses junto de profissionais do sector e dos consumidores são os objetivos a concretizar com a organização da Grande Prova Vinhos de Portugal em Londres, no dia 27 de fevereiro, e a participação no Decanter Spain & Portugal Fine Wine Encounter, que tem lugar no dia 29 de fevereiro.

Constituindo a prova há mais tempo organizada pela ViniPortugal em mercados de exportação, a Grande Prova Vinhos de Portugal em Londres apresenta-se renovada na edição de 2020. O evento teve lugar este ano em Brick Lane, na Boiler House, reunindo 72 produtores nacionais, oriundos de várias regiões vitivinícolas, incluindo Açores e Madeira, que deram conhecer novidades e novas colheitas a retalhistas, responsáveis de compras da grande distribuição e sommeliers.

Dois dias após esta prova, a ViniPortugal leva 36 produtores portugueses ao Decanter Spain & Portugal Fine Wine Encounter, um evento destinado a consumidores finais. É esperada a presença de mais de mil participantes, incluindo leitores da revista Decanter. Portugal organiza uma prova comentada pelo único Master of Wine de língua portuguesa, Dirceu Vianna Jr MW.

O Reino Unido é o terceiro mercado dos vinhos portugueses em valor e é um mercado prioritário para a marca Wines of Portugal. Em 2019, este mercado representou 77,7 milhões de euros em exportações, crescendo 3% em valor face ao ano transato.

Em 2019, as exportações de vinhos portugueses atingiram o valor de 820 milhões de euros, um novo máximo histórico, que representa um aumento de 2,5% face ao ano anterior. França, Estados Unidos, Reino Unido, Brasil e Alemanha formam o topm5 dos mercados de destino. Em termos globais, Portugal ocupa a nona posição no top 10 dos maiores exportadores mundiais de vinho. Neste ranking, liderado pela França, Portugal está posicionado, em valor, atrás da Nova Zelândia e à frente do Reino Unido. Em volume, Portugal ocupa a mesma posição, ficando atrás dos Estados Unidos, mas supera a Argentina.

ASAE

ASAE apreende mais de 17 toneladas de géneros alimentícios

C&A, canda, c a

C&A elimina os sacos de plástico descartáveis e disponibiliza alternativas mais duradouras