in

Venezuela pode ficar sem bolachas Oreo

A Mondelez deu por terminado o seu negócio na Venezuela, após registar perdas de quase 700 milhões de euros.

Em comunicado, a fabricante das bolachas Oreo descreve que “dado o difícil ambiente económico, legislativo e empresarial, atual e permanente, existe uma significativa incerteza relacionada com as operações da empresa na Venezuela”.

A Mondelez irá, de momento, manter a sua atividade naquele país sul-americano, mas deixará de registar as vendas, o que significa que os resultados nesta geografia não serão considerados como válidos.

São as empresas alimentares a ressentirem-se das muitas dificuldades que se apresentam no mercado venezuelano. Em outubro a Pepsi anunciou perdas de 1.400 milhões de dólares neste país. segundo o FMI, a economia venezuelana contraiu 10% no ano passado e manter-se-á em recessão até 2019.

Publicidade

Lidl inaugura novo conceito de loja em Sacavém

Coviran abre três novos supermercados em Portugal