in ,

Vendas da Nestlé descem 8,9% em 2020

Foto DCStockPhotography/Shutterstock

A Nestlé registou vendas absolutas de 84.343 milhões de francos suíços, no ano de 2020, o que representa uma redução de 8,9% em relação ao anterior. A multinacional suíça destaca que, em termos orgânicos, as vendas cresceram 3,6%.

O lucro líquido foi de 12.232 milhões de francos suíços, 3% menos que em 2019.

Por geografias, as vendas na América caíram 10%, para os 34 mil milhões de francos suíços, enquanto na Europa, no Médio Oriente e no Norte da África (EMENA) diminuíram 6%, para os 20.200 milhões de francos suíços, e na Ásia e Oceânia desceram 6,3%, para os 20.700 milhões de francos.

A empresa realçou que os desinvestimentos reduziram as vendas em 4,6%, em grande parte relacionados com a alienação da Nestlé Skin Health, do negócio de gelados nos Estados Unidos e do negócio de charcutaria Herta.

 

Perspetivas

Sobre estes resultados, Mark Schneider, CEO da Nestlé, disse que “2020 foi um ano de dificuldades ”. No entanto, “neste ambiente sem precedentes, alcançámos o nosso terceiro ano consecutivo de melhoria no crescimento orgânico, lucro e retorno sobre o capital investido. A pandemia global não nos deteve. A nossa experiência em nutrição, recursos digitais, estrutura descentralizada e mecanismos de inovação permitiram-nos adaptar rapidamente às mudanças de comportamento e tendências do consumidor. Estamos a avançar na transformação do nosso portfólio, continuamos a fazer da Nestlé Health Science uma potência nutricional e expandimos a nossa presença em negócios diretos ao consumidor”, acrescenta.

Olhando para 2021, o gestor espera “uma melhoria contínua no crescimento orgânico, lucro e eficiência do capital, em linha com o nosso modelo de criação de valor”.

Publicidade

rotulagem

Confusão na rotulagem é responsável por 10% do desperdício na Europa

Luxo

Vendas online da indústria de luxo podem representar 30% em 2025