in

Unilever regressa a Cuba em joint-venture com o Governo local

Após alguns anos de ausência, a Unilever vai regressar a Cuba através de uma joint-venture com o Governo local.

Na passada semana foi acordada a construção de uma fábrica de sabonetes e pasta de dentes na zona de desenvolvimento especial no porto de Mariel, a oeste de Havana, num investimento de 35 milhões de dólares.

A multinacional tinha abandonado este país em 2012, após uma disputa sobre o controlo da joint-venture, com o Governo cubano a querer ter a maioria das ações. No acordo mais recente, a Unilever irá controlar 60% da empresa conjunta, ao passo que a empresa estatal Intersuchel S.A deterá 40%.

A fábrica tem abertura prevista para 2018 e produzirá para as marcas Sedal (champôs), Rexona (desodorizantes), Omo (detergentes), Lux (sabonetes) e Close-up (pasta de dentes).

Publicidade

Alibaba aventura-se no retalho físico

L’Oréal aposta no mercado de retalho norte-americano