in

Unilever recebe oferta de compra do negócio de chá

A Unilever recebeu uma proposta de compra do seu negócio de chá. A oferta de quatro mil milhões de libras (4.680 milhões de euros) foi apresentada por um consórcio formado pela empresa norte-americana de private equity Advent International e o fundo soberano de Singapura GIC.

No passado, o negócio de chá da Unilever já tinha recebido o interesse de outras entidades, como Cinven ou a Autoridade de Investimentos de Abu Dhabi, além dos grupos de private equity Carlyle, Clayton Dubilier & Rice e KKR, segundo informa o britânico Sky News.

 

“Maior empresa de chá do mundo”

No início do ano passado, a multinacional de bens de consumo confirmou os seus planos de desinvestir na sua subsidiária de chá, após fazer uma revisão da sua estratégia. As projeções da Unilever apontavam para que o processo de venda ficasse encerrado já este ano, embora tudo indique que o desinvestimento não seja realizado até 2022.

A Unilever lembra que tem uma posição de longa data “como a maior empresa de chá do mundo“, com marcas como Lipton, Brooke Bond e PG Tips, e expandiu-se para o mercado premium de frutas e ervas, nos últimos anos.

O CEO da empresa, Alan Jope, concentrou os músculos financeiros da Unilever na aquisição de marcas em categorias de crescimento mais rápido, como cuidados da pele, onde recentemente adquiriu Paula’s Choice.

Publicidade

iStore e Glovo

Glovo e a iStore fecham parceria para entregas a partir de todas as lojas iStore em Portugal

Ikea Começa em Casa

Ikea e canais Fox juntam-se para lançar novo projeto de sustentabilidade