in

Unilever, Henkel e Colgate-Palmolive na disputa pelas marcas de beleza e cuidados do cabelo da Coty

Foto Shutterstock

Algumas grandes multinacionais, entre as quais a Colgate-Palmolive, a Henke e a Unilever, e vários grupos de investimento estão interessados na compra das marcas de beleza e cuidados do cabelo da norte-americana Coty.

A notícia é avançada pela agência Reuters e indica que a Coty quer vender alguma das suas marcas para aliviar a pressão do seu elevado endividamento. Todo o segmento de beleza profissional, que consiste sobretudo em produtos para o cabelo, dos quais a Wella é a marca mais conhecida, assim como nos vernizes OPI, será vendido. Os analistas estimam que a transação deverá rondar os seis mil milhões de euros.

O segmento profissional representa um quinto das receitas da Coty. Contudo, nos últimos quatro trimestres, as vendas têm vindo a cair, pelo que a empresa norte-americana quer reduzir a sua dependência destas marcas.

A Coty espera que a transação esteja concluída em meados do próximo ano e contratou o Crédit Suisse para a assessorar nas ofertas de compra.

Publicidade

Publicidade

Henkel compra marca de cuidado capilar DevaCurl

Adagio lança nova bebida para consumo “on the go”