in

Unicórnio VTEX abre escritórios em Lisboa

A VTEX, multinacional de tecnologia responsável pela plataforma de comércio colaborativo totalmente integrada, anuncia a abertura do seu primeiro escritório em Portugal, o quarto na Europa.

Com mais de 365 milhões de dólares angariados recentemente, este unicórnio tecnológico avaliado em 1,7 mil milhões de dólares (aproximadamente 1,43 milhões de euros) pretende contratar novos colaboradores de quadros médios e superiores, até ao final do ano. Product Managers, Product Designers, Software Engineers e Engineering Managers são o público-alvo da equipa local.

 

VTEX

A empresa é responsável pela criação da solução “end-to-end” de comércio global totalmente integrada com funcionalidades nativas de marketplace, e-commerce e gestão de pedidos (OMS na sigla em inglês). O seu principal objetivo é ajudar os clientes a gerirem as suas lojas online, descomplicando e agilizando processos.

Atualmente, a plataforma conta com mais de 2.500 lojas online ativas, em 32 países, oferecendo um sistema de comércio unificado, capaz de ligar as lojas físicas com os dados do e-commerce, retalhistas e os seus fornecedores, entre milhares de outras conexões, sempre com o intuito de melhorar as experiências de compras, ajudando as marcas a manterem-se relevantes para os seus consumidores.

A multinacional foi nomeada “Líder” no IDC MarketScape, Worldwide B2C Digital Commerce Platforms 2020 Vendor Assessment, estudo que avalia plataformas de todo o mundo na categoria comércio digital B2C na Cloud, tendo-se destacado face a empresas como a Commercetools ou a Salesforce. O IDC Worldwide Digital Commerce Applications Market Shares 2019 aponta a VTEX como a plataforma de software de comércio digital que mais cresce no mundo, com um crescimento de 44,1% no período analisado, ultrapassando a média geral de crescimento do mercado (13,2%). A VTEX é ainda reconhecida como “Visionária” no Quadrante Mágico do Gartner para Digital Commerce 2020, o relatório anual, que avalia fornecedores de tecnologia para o comércio digital nos segmentos B2B e B2C.

 

Expansão

A expansão da empresa está assente no seu compromisso em melhorar o desempenho da plataforma, através da criação de novas ferramentas, soluções e da evolução constante dos produtos existentes.

A VTEX é reconhecida como uma empresa que está em franco crescimento. E Portugal, conhecido pela sua comunidade tecnológica, segurança, cultura, bem como pela crescente atração de nómadas digitais, será uma localização importante para atrair mais talentos para a nossa equipa de produto”, refere Bruno Dias, diretor de operações e site lead da operação de Produto e Engenharia da VTEX na Europa.

Com uma forte cultura de autonomia que empodera os seus colaboradores, a VTEX possui um ambiente que encoraja todos a serem líderes e a descobrirem qual a sua contribuição única para o futuro do comércio. A sua estrutura baseada na autogestão cria um ambiente de confiança mútua, permitindo que todas as equipas atuem com liberdade, abraçando desafios complexos de forma descentralizada, mas sempre alinhados às estratégias da empresa.

Na VTEX, criamos um ambiente onde os melhores talentos do mercado possam atuar com integridade, serem autênticos e causarem um impacto real na forma como transformamos o nosso ecossistema e o mercado de e-commerce”, conclui Bruno Dias.

 

Portugal

Com quatro outras operações na Europa (localizadas em Londres, Barcelona, Milão e Romênia), a equipa de Portugal será responsável pelo catálogo, um dos primeiros módulos a ser desenvolvido pela VTEX e considerado o coração do e-commerce.

O mesmo permite a gestão dos produtos dos clientes da plataforma, aperfeiçoando a experiência de compra, personalizando promoções e alavancando vendas. Por conseguinte, a equipa local terá o desafio de manter o catálogo competitivo com as novas tecnologias e os novos desafios de negócio dos clientes, ao mesmo tempo que mantém o existente a funcionar.

Publicidade

MELOM

MELOM e QMACO registam um crescimento de 43% na faturação em março

Portonic

Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto autoriza o uso da marca Portonic