in , ,

Uber Eats quer reduzir uso de plástico através da aplicação

Foto Shutterstock

O Uber Eats lançou uma nova iniciativa para limitar o desperdício e o uso de diversos utensílios, tais como palhinhas, talheres e guardanapos.

A plataforma deixa de incluir por padrão itens de utilização única nos pedidos de entrega da aplicação. Contudo, o utilizador poderá continuar a optar por receber os utensílios sempre que necessário e disponíveis para desfrutar da refeição. Mais de dois mil restaurantes parceiros já aderiram a este plano de sustentabilidade da Uber.

No processo de finalização do pedido, a opção de “utensílios e guardanapos” está desativada por padrão. O utilizador tem de ativar essa opção caso necessite desses mesmos itens para usufruir do pedido em questão. “Sabemos que este é apenas o primeiro passo para um consumo mais sustentável e estamos empenhados em considerar os desafios ambientais associados à entrega de refeições nas 30 cidades portuguesas onde marcamos presença” refere Mariana Ascenção, Diretora de Comunicação da Uber em Portugal.

30 cidades

O Uber Eats está disponível em 30 cidades portuguesas. A aplicação de entrega de refeições da Uber chegou a Alverca, depois de ter estreado o serviço recentemente em Vila do Conde e na Póvoa de Varzim.

Atualmente, o Uber Eats cobre mais de 40% da população portuguesa: Lisboa, Porto, Oeiras, Cascais, Amadora, Loures, Leça da Palmeira, Matosinhos, Almada, Seixal, Sintra, Coimbra, Braga, Setúbal, Faro, Olhão, Loulé, Quarteira, Albufeira, Aveiro, Évora, Guimarães, Portimão, Lagos, Famalicão, Barreiro, Montijo, Vila do Conde, Póvoa de Varzim e agora Alverca.

PepsiCo anuncia uma nova abordagem para ajudar a construir um sistema alimentar mais sustentável

Vendas da Campari superam previsões alavancadas pela marca Aperol