TheFork no-show
Foto Shutterstock
in

TheFork adota medidas para combater o no-show nos restaurantes

Em resposta ao aumento de no-shows na restauração, que se intensificou desde a pandemia, o TheFork lança mais uma nova política para combater esta prática prejudicial aos restaurantes.

Em 2024, a média de no-shows via TheFork em toda a Europa subiu para 3,5%, comparada a 3,2% em 2023, enquanto outras plataformas de reserva registam uma média de 6%. A empresa tomou uma posição firme para reverter esta tendência e proteger os negócios de restauração em Portugal.

A prática do no-show, ou seja, a não comparência sem aviso prévio a reservas efetuadas, afeta diretamente os lucros dos restaurantes e a gestão eficiente dos seus recursos. Estudos recentes revelam que 42% dos no-shows ocorrem em restaurantes, seguidos por 21% em consultas de saúde, 20% em serviços de beleza e 17% na hotelaria.

As cinco principais razões para os no-shows incluem imprevistos de última hora (47%), esquecimento (21%), mudança de opinião (5%), escolha por outra reserva (3%) e vergonha de cancelar (2%).

 

Novas medidas

A nova política do TheFork suspenderá todas as contas de utilizadores que acumularem quatro no-shows num período de 12 meses. Esta medida visa reduzir a frequência de no-shows, promovendo uma maior responsabilidade e transparência entre os clientes.

Nós, no TheFork, estamos profundamente comprometidos em apoiar os restaurantes e minimizar os prejuízos causados pelos no-shows. A nossa nova política de suspensão de contas de utilizadores é um passo crucial para assegurar que cada reserva seja honrada. Queremos que os nossos clientes entendam o impacto das suas ações e façam reservas de forma consciente e responsável“, afirmou Sérgio Sequeira, CEO do TheFork Iberia.

Além da conta bloqueada, após 4 no-shows, o TheFork tem um conjunto abrangente de ferramentas e políticas que visam reduzir significativamente os no-shows:

  • Digitalização e Adaptação às Novas Tecnologias: Incentivando os restaurantes a adotarem tecnologias que simplificam e melhoram a gestão de reservas e a comunicação comosclientes.
  • Índice de Confiança do Cliente: Introduzindo um sistema que fornece informações detalhadas sobre o histórico de reservas e no-shows dos clientes, permitindo aos restaurantes tomar decisões mais informadas.
  • Reconfirmação de Reservas: As reservas serão reconfirmadas com os clientes através de email, SMS e notificações pelo TheFork, aumentando a certeza da presença dos clientes.
  • Garantia com Cartão de Crédito: Implementamos uma política que exige a garantia com cartão de crédito para algumas reservas, assegurando uma maior seriedade por parte dos clientes na manutenção das suas reservas.

Uma pesquisa indica que 79% dos portugueses alterariam o seu comportamento face a medidas mais rígidas, enquanto 21% não mudariam. Este dado sublinha a importância de implementar e comunicar claramente as novas políticas para obter a cooperação dos clientes.

Siga-nos no:

Google News logo

economia global

Aterragem suave do crescimento mundial

Sogrape Dona Antónia

Sogrape lança nova colheita do vinho de tributo a Dona Antónia