in

Sociedade de investimento Ardian compra a Frulact

A Ardian, uma das principais sociedades de investimento a nível mundial, comprou a Frulact à família Miranda, com apoio da atual equipa de gestão.

A empresa portuguesa, fundada em 1987 pela família Miranda e liderada por João Miranda, dedica-se ao fabrico de ingredientes naturais a partir de frutas e plantas para a indústria alimentar e de bebidas. Conta um vasto portfólio de produtos baseados em preparados de fruta e vegetais para lacticínios, gelados, sobremesas, bebidas, aromatizantes e ingredientes alternativos à base de plantas, tem um histórico robusto de crescimento baseado em evolução orgânica e aquisições criteriosas. Com sede na Maia, a Frulact emprega mais de 750 trabalhadores, opera nove unidades industriais na Europa, África e América do Norte, vendendo os seus produtos em mais de 40 países e registando um volume de negócios perto dos 115 milhões de euros.

A Ardian irá apoiar a equipa de gestão da Frulact para acelerar o plano estratégico e consolidar a posição do grupo como um dos líderes globais na indústria alimentar, apoiando as atividades já em curso e fortalecendo as competências em nichos e ingredientes adjacentes ao negócio. “O conhecimento da Ardian sobre a indústria de ingredientes alimentares, a sua rede global e o apoio que pode oferecer enquanto uma das principais sociedades de investimento internacionais fazem desta empresa a melhor parceira para identificar e promover oportunidades de crescimento que permitam transformar a Frulact num líder global”, pode ler-se no comunicado.

João Miranda

A Ardian confiará na atual equipa de gestão para desenvolver este projeto, liderado por Duarte Faria como CEO. João Miranda irá exercer as funções de presidente não-executivo do grupo. “Junto-me a todos os Frulacteanos para dar as boas-vindas à Ardian e começar este novo capítulo da Frulact. Estamos muito satisfeitos com este acordo e parceria, uma vez que a Ardian trará recursos financeiros e estratégicos consideráveis para impulsionar a Frulact a tornar-se uma plataforma forte, que irá agregar e integrar outros negócios contíguos na indústria dos ingredientes de valor acrescentado e, consequentemente, consolidar o projeto Frulact, apoiado no nosso capital humano, permitindo que a empresa explore uma pegada global sustentável. A Frulact continuará a operar como até agora, com esta equipa de gestão, desenvolvendo o nosso crescimento, inovação e estratégia de sustentabilidade a partir da nossa sede em Portugal, permitindo que a empresa dê o próximo passo no seu desenvolvimento e atinja as nossas ambiciosas expectativas de um futuro brilhante”, afirma João Miranda.

A Frulact é o primeiro investimento da equipa da Ardian Buyout em 2020. Com 50 trabalhadores em sete escritórios na Europa e em Nova Iorque, a equipa de “buyout” investe em empresas de valor médio e alto com elevada qualidade, de forma a transformá-las em líderes globais nos respetivos nichos de mercado. “A Frulact e a sua equipa de gestão têm os conhecimentos, competências e ambição para transformar a empresa num dos líderes globais de fornecimento de ingredientes alimentares naturais, expandindo as respetivas competências e alcance geográfico. A Ardian irá apoiar a equipa de gestão com a sua experiência, rede e recursos”, confirma Gonzalo Fernandez-Albiñana, líder da Ardian Buyout Espanha e conselheiro da Ardian França. “Esta transação é um exemplo perfeito da especialização da Ardian no apoio à transformação e crescimento de projetos em indústrias cujo funcionamento dominamos, ao mesmo tempo que mantemos o legado do que foi criado pela família Miranda. A nossa experiência a apoiar empresas na entrada em novos territórios, combinada com o nosso conhecimento e respeito pela tradição e valores das empresas familiares tornam a Ardian num parceiro ideal para este tipo de operações”, acrescenta Philippe Poletti, membro do comité executivo e líder da Ardian França.

Publicidade

Auchan lança plano de reestruturação em França

Ribafreixo Wines junta-se à Vinalda