in

Schweppes investigada por práticas anticoncorrenciais

As autoridades espanholas iniciaram uma investigação à Schweppes por potencial conduta anticoncorrencial, nomeadamente o estabelecimento de acordos com os seus distribuidores independentes em Espanha.

A Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência (CNMC) está analisar se esses acordos tinham como finalidade restringir a distribuição e comercialização em território espanhol de produtos da marca que não tivessem sido fabricados pela Schweppes e limitar as importações paralelas. Práticas que poderão ser contrárias à lei da concorrência espanhola e europeia.

A CNMC terá recebido uma denúncia que deu origem a esta investigação. Os resultados preliminares revelam indícios da existência de condutas ilegais e justificam a instauração de sanções. Segue-se, agora, um período máximo de 18 meses para uma resolução por parte das autoridades.

Publicidade

Fnac abre em Pamplona primeira loja franchisada em Espanha

Groupon vai suprimir 1.100 postos de trabalho