in

SABMiller vai desaparecer após fusão com a AB InBev

O nome SABMiller vai desaparecer após a fusão com a Anheuser-Busch InBev NV. A AB InBev vai manter o nome, confirmou a fabricante da Budweiser após a aprovação do negócio por parte dos acionistas, obtida no início desta semana, em Bruxelas. Segue-se agora a votação dos acionistas da SABMiller.

Após a fusão, a AB InBev será a quinta maior empresa de bens de consumo do mundo em termos de receitas, maior que a Coca-Cola, e irá dominar o mercado global de cerveja. Para apaziguar o regulador europeu, já foram vendidas as suas marcas Grolsch e Peroni à cervejeira japonesa Asahi e os ativos que a SABMiller possui no leste europeu, incluindo a Pilsner Urquell, estão à venda por cinco mil milhões de dólares.

Mesmo com o desinvestimento em várias marcas para obter a aprovação dos reguladores, a empresa resultante da fusão irá controlar um terço das vendas mundiais de cerveja em volume e marcas como Budweiser, Corona, Hoegaarden, Leffe e Stella Artois. As vendas deverão ascender aos 55 mil milhões de dólares.

O negócio deverá estar concluído a 10 de outubro.

Publicidade

CEO da Covirán recebe prémio Empresário do Ano em Portugal

Neinver integra novo centro na plataforma The Style Outlets