in , , ,

Resultados financeiros do MARF superam o previsto

Os lucros antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (EBITDA) do Mercado Abastecedor da Região de Faro (MARF) ascenderam, no segundo trimestre deste ano, a 486,6 milhares de euros, situando-se acima do planeado em 14,1 milhares (+3%) e acima do período homólogo do ano passado em 6,2 milhares (+1,3%).

Este é um dos dados inscritos no Relatório de Execução Orçamental relativo ao segundo trimestre, agora aprovado, de acordo com o qual o aumento do volume de negócios, aliado à manutenção de uma política de contenção nos gastos operacionais, permitiu à empresa apresentar estes desempenhos operacionais positivos.

O documento salienta igualmente o aumento do volume de negócios em 13,7 milhares de euros (+1,9%) face ao período homólogo de 2018, impulsionado pelo aumento dos rendimentos “core”, as taxas de utilização, que cresceram em 13 milhares (+1,9%).

Por seu turno, o EBIT (lucro antes de juros e impostos) ascendeu a 387,1 milhares de euros, registando desvios favoráveis face ao planeado e ao registado no período homólogo do ano passado, respetivamente de 22,1 milhares (+6,1%) e de 10,8 milhares (+2,9%), impactado por uma redução das depreciações decorrente do fim da vida útil de alguns bens.

A MARF, empresa do Grupo SIMAB, apresentou, assim, no segundo trimestre, margens operacionais positivas de 65% e 48% ao nível do EBITDA e do EBIT, respetivamente.

Também os resultados financeiros registaram desvios favoráveis face ao PAO2T19 e ao período homólogo, respetivamente em 1,2 milhares de euros (-22,9%) e 100,5 milhares (-96,3%). A evolução favorável, face ao período homólogo do ano anterior, resulta da operação de recapitalização da empresa, realizada em agosto de 2018, consubstanciada numa operação de aumento de capital social, por via da conversão de empréstimos acionistas, no montante de 13.291,1 milhares de euros, que se traduziu numa redução da dívida financeira e, consequentemente, dos encargos financeiros

O resultado líquido do período em análise ascendeu a 335,6 milhares de euros, superior ao previsto no PAO2T19 e ao 2T18, respetivamente em 54,3 milhares (+19,3%) e 88,4 milhares (+35,8%).

Com enquadramento no eixo estratégico definido para as empresas do Grupo SIMAB, nomeadamente o seu reposicionamento, a MARF tem desenvolvido a sua atividade comercial procurando atrair operadores da área de logística e distribuição moderna. Foi neste contexto que, no primeiro semestre deste ano, foram intensificadas as negociações com um grande operador da área de logística, a Chronopost, com vista ao reforço da sua presença no mercado, por via da expansão da área de ocupação. Foi, assim, possível firmar contrato com este operador para ocupação de um novo edifício, com uma área de 3.282 metros quadrados, num horizonte temporal de 10 anos, com tradução num rendimento anual de taxas de utilização de, aproximadamente, 195 milhares de euros.

Publicidade

Publicidade

Mimosa lança Mimosa Cremoso Zero

Super Pop Ultra Performance Gel

Super Pop dá a experimentar grátis a sua nova gama