in

Resultados da Coca-Cola Iberian Partners refletem estabilidade nas vendas

O volume de vendas da Coca-Cola Iberian Partners, a engarrafadora da multinacional norte-americana para a Península Ibérica, alcançou os 3.010 milhões de euros, 0,2% menos que no exercício anterior.

A empresa, que apresentou recentemente os seus resultados, assinala que a comparação do exercício de 2014 com o antecedente deve ser feita tendo em conta que o de 2013 apenas considera os últimos sete meses do ano, pelo que qualquer comparação deverá ser feita considerando o mesmo período.

Nesse sentido, em 2014, o resultado operativo ascendeu a 311 milhões de euros, mais 46,8% que no exercício anterior. Números que, segundo a Coca-Cola Iberian Partners, demonstram que a decisão de integrar as oito engarrafadoras da multinacional no mercado ibérico numa única entidade foi acertada.

Na reunião acionistas, realizada na semana passada em Madrid, os responsáveis da empresa sublinharam que o processo de integração era inevitável e um passo necessário para “a construção de uma empresa dimensionada, com capacidade para enfrentar os desafios futuros e assentar as bases de crescimento e expansão”.

A estratégia prosseguida resultou, no entender dos gestores da empresa, numa otimização dos custos a rondar os 220 milhões de euros. Em 2014, o investimento ascendeu aos 83 milhões de euros, destinados ao processo de integração, capacidade industrial, compra de vidro e adequação das linhas de produção para a nova garrafa Coca-Cola Contour.

Em comunicado, a empresa assegura que os recentes dados económicos a posicionam para crescer tanto em Espanha como no exterior e que a integração de todas as engarrafadoras permitiu fazer frente à queda do consumo e oferecer oportunidades para concorrer internacionalmente com estruturas melhor dimensionadas.

Publicidade

Publicidade

Melom abre “shop in shop” na loja Leroy Merlin Sintra

Delta Cafés é o patrocinador oficial do Sushi Fest