espladanas
in

Reservas online aumentaram 68% em restaurantes com esplanadas

Desde a reabertura da restauração, a esplanada tornou-se algo essencial na restauração, independentemente do mês e altura do ano em que nos encontramos. Desta forma, os restaurantes com esplanadas viram as suas reservas aumentar 68% face ao período pré-pandemia.

Segundo os dados internos do TheFork, este ano registou uma forte evolução no número de restaurantes que passaram a disponibilizar este espaço exterior: Viseu (aumentou em 76% o número de esplanadas), Viana do Castelo (71%), Évora (70%), Setúbal (67%), Beja (61%) e Lisboa (59%).

 

Aumento na antecedência das reservas

Tal como as esplanadas têm vindo a alterar as escolhas dos clientes na hora de reservar, também se verificam alterações nos seus hábitos. Nota-se um receio crescente de não conseguir mesa para a altura desejada e, consequentemente, uma vontade de efetuar as reservas com uma maior antecedência.

As reservas online já refletem esta preferência, pois os portugueses estão a efetuar em média, reservas com 6 horas de antecedência, mais 2 horas de antecedência do que no período pré-covid. No entanto, 12% dos clientes reservam entre 24 a 48 horas antes, e observa-se, ainda, alguma tendência para reservar próximo da data, com 19% dos portugueses a reservarem 1 hora antes apenas.

Desde a reabertura que os jantares continuam a liderar a preferência, com 61% do total das reservas, comparado com 38% dos clientes que optam pelo almoço. A maioria das reservas tem sido feitas para 2 pessoas, e com a cerca de 40% dos clientes a gastarem em média 20 euros e outros 19% a optarem por locais com tickets entre 20 euros e 25 euros por pessoa.

A cozinha portuguesa tem dominado, com 28%, aquando da altura de escolher o tipo de cozinha, seguida da cozinha mediterrânica com 14%, da japonesa com 9% e da italiana com 8%. Os clientes têm optado, na sua maioria, por estabelecimentos com uma classificação média superior a 9 (71% das reservas), com apenas 14% dos portugueses a selecionarem notas entre 8.8 e 9.

 

Localização geográfica

A preferência por restaurantes com esplanadas varia, também, consoante a zona geográfica onde os portugueses se encontram. O distrito que registou um maior impacto das esplanadas no crescimento das reservas foi 58% em Faro (vs. 25% em 2019), 70% em Évora (vs. 32%), 57% em Braga (vs. 30%), 59% em Lisboa (vs. 33%) e 47% no Porto (vs. 27%).

Campofrio

Campofrío lança novos packs familiares

Agricultura

Portugueses dizem comprar produtos de pequenos produtores quando estão disponíveis