in

Quinta de la Rosa estreia-se na produção de cerveja artesanal

Após a abertura do restaurante Cozinha da Clara, em maio passado, Sophia Bergqvist, coproprietária e gestora da Quinta de la Rosa, propriedade duriense situada no Pinhão, apresenta outra novidade: a produção de cerveja artesanal.

Brevemente a integrar o portfólio da Quinta de la Rosa estará uma dupla de cervejas artesanais, uma IPA e uma Lager. Para já, o lançamento oficial é da La Rosa IPA, cerveja que resulta de um “blend” em que metade estagiou num velho casco de vinho branco e a outra metade em cuba de inox.

Este projeto paralelo ao mundo vinícola da Quinta de la Rosa é liderado por Philip Bergqvist, irmão de Sophia e coproprietário da Quinta de la Rosa, com o apoio de Kit Weaver, filho mais velho de Sophia, e de Jorge Moreira, o enólogo da Quinta de la Rosa, que teve que aprender o passo-a-passo da produção cervejeira. A identidade e a imagem da cerveja La Rosa foi, por sua vez, criada por Mark Weaver, filho mais novo de Sophia. O projeto conta ainda com o mestre cervejeiro britânico Richard Naisby, que tem vindo a utilizar vinho do Porto da Quinta de la Rosa na produção personalizada de cerveja preta Stout Markus Aurelius.

De cor dourada, a La Rosa IPA é bastante aromática, realçando-se as notas frutadas, a lembrar a laranja e o maracujá, e florais, aromas dados pelos lúpulos utilizados e pelas barricas, de vinho branco da Quinta de la Rosa, onde fermentou e estagiou. Com 7,0% de álcool, estará disponível em barril e em garrafas de 50 centilitros. Estará à venda na loja da Quinta de la Rosa (5,50 euros) e no seu restaurante, Cozinha da Clara, assim como no do Six Senses Hotel.

Publicidade

Nestlé renova a gama de Boiões Naturnes

Amazon desenvolve refeições prontas que dispensam refrigeração