in

Primark aumenta faturação

A Primark registou vendas de 8.560 milhões de euros, no final do seu ano fiscal (entre outubro de 2017 e setembro de 2018), 6% mais do que no ano anterior. Sem levar em conta a evolução da taxa de câmbio câmbio, o aumento foi de 5%.

A empresa indicou que o crescimento do seu volume de negócios se deve ao aumento da área de vendas, uma vez que, em termos comparáveis, que excluem o efeito das divisas e alterações no perímetro de contabilidade, as vendas da Primark caíram 2,1%.

Por áreas, no Reino Unido, as vendas aumentaram 5,3% em termos absolutos e 1,2% numa base comparável. Na área do euro, o volume de negócios aumentou 4,7% em termos absolutos, embora, em termos comparáveis, as receitas tenham diminuído 4,7%, em comparação com o ano anterior. Como explicado pela Primark, “o declínio foi causado pelo tempo inoportuno, especialmente no norte da Europa, bem como pela fraqueza do mercado alemão“.

Por outro lado, o lucro operacional ajustado da cadeia têxtil ficou em 965 milhões de euros, 14,7%  mais que no ano anterior.

No final do seu ano fiscal, a Primark tinha 360 lojas em todo o mundo, em comparação com 345 no ano anterior. A retalhista anunciou a sua intenção de abrir 15 novas lojas, incluindo a chegada, em 2019, aos mercados da Polónia e da Eslovénia e aumentando a sua presença na Alemanha, Reino Unido, França e Espanha.

Publicidade

Haribo abre primeira loja em Portugal

Vendas da Carlsberg crescem 2,1%