in

Preços dos alimentos baixam em setembro

Os preços mundiais dos alimentos caíram em setembro devido ao excesso de stock. O índice de preços da FAO situou-se nos 165,4 pontos, menos 1,4% que em agosto e 7,4% abaixo do nível verificado em setembro de 2017.

O índice dos cereais da FAO caiu 2,8%, liderado pelo milho, já que as expectativas de uma colheita abundante nos Estados Unidos da América fizeram baixar os preços de exportação. Os preços internacionais do arroz e do trigo também desceram em setembro.

Já o índice dos óleos vegetais registou a sua oitava descida mensal consecutiva, caindo 2,3% para o seu nível mínimo de três anos. Os preços do óleo de palma tiveram a descida mais acentuada, devido ao excesso de stock nos principais países exportadores, estando agora 25% abaixo do nível de há um ano.

Por seu turno, o índice dos preços dos lacticínios diminuiu 2,4% em setembro, continuando a sua tendência de baixa, enquanto que os preços das carnes encolheram ligeiramente face a agosto.

Finalmente, o índice de preços do açúcar está 21% abaixo do nível de 2017, mas subiu 2,6% relativamente a agosto.

Publicidade

Publicidade

2.000 pequenos produtores de cerveja artesanal criam associação conjunta

Vencedores dos Food & Nutrition Awards anunciados a 16 de outubro