in

Pior Natal da década para o retalho britânico

Foto Shutterstock

O British Retail Consortium (BRC) revelou que o Natal de 2018 foi o pior da década para o retalho britânico, com as vendas a não darem sinais de crescimento. As vendas em valores constantes caíram 0,7%.

Os consumidores em dificuldades optaram por não gastar neste Natal, o que fez com que as vendas estagnassem pela primeira vez em 28 meses”, nota Helen Dickinson, diretora executiva do BRC. “O pior dezembro em dez anos representa um início de 2019 desafiador para os retalhistas, face à ameaça de um Brexit sem acordo”.

Para Paul Martin, responsável de retalho na KPMG no Reino Unido, os primeiros meses deste novo ano dificilmente darão sinais de melhoria. Mais do que nunca, os retalhistas terão de proteger as suas margens.

Publicidade

Super Bock é a nova cerveja oficial da Liga Portugal

Nova Zelândia no mapa da IKEA