in

Parceria de três anos com a SIBS torna Web Summit 100% cashless

Pela primeira vez, a Web Summit pode deixar as notas e moedas para trás. Uma parceria com a SIBS permite efetuar pagamentos eletrónicos em todo o recinto da conferência.

A SIBS irá fornecer soluções de pagamento seguras para todos os comerciantes presentes no evento, com sistemas que aceitam todo o género de meios de pagamento digitais, incluindo pagamentos com cartão e aplicações móveis.

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, afirma que “esta parceria permite, uma vez mais, posicionar Portugal como um país inovador e que reforça continuamente a aposta na digitalização da economia. A possibilidade de exibir a inovação tecnológica nacional num evento com tão grande visibilidade internacional e a associação a uma marca tão forte como a Web Summit oferece à tecnologia cashless portuguesa uma grande notoriedade. Ao mesmo tempo, espero que essa visibilidade possa apoiar uma maior penetração dos pagamentos digitais na nossa economia”.

Com o mundo a tornar-se cada vez mais cashless, a Web Summit está empenhada em prosseguir e construir uma experiência de compra mais simples para todos os participantes. Estamos muito satisfeitos com esta parceria com a SIBS para esta jornada. Tanto as equipas da Web Summit como as da SIBS estão muito satisfeitas em trabalhar juntas neste projeto durante os próximos três anos”, afirma Paddy Cosgrave, CEO e fundador da Web Summit.

Darren Phelps é o novo vice-presidente de Business Sales da Epson Europe

Metro lança marketplace