in

Nueva Pescanova estima atingir o break even um ano antes do previsto

Dependendo da evolução da campanha de Natal, a Nueva Pescanova prevê encerrar 2017 com um aumento das vendas entre 5% e 7%. Já o break even poderá ser alcançado um ano antes do que o previsto, anteriormente fixado no final do exercício de 2018.

O balanço do primeiro ano do Plano Estratégico da Nueva Pescanova é muito positivo”, garantiu Ignacio González, CEO da empresa, na conferência de imprensa realizada no âmbito do congresso da Aecoc. “As vendas estão a correr bem e a marca, apesar de tudo o que sofreu, resiste, demonstrando que é uma ‘love brand’”, prossegue.

O gestor afiança que a empresa encerrará o ano com aumentos sólidos nas vendas e quota de mercado. Em matéria de investimento, a Nueva Pescanova irá destinar 42,5 milhões de euros para a construção de três barcos na Namíbia e quatro em Moçambique, a que somam 4,5 milhões de euros para o centro de I+D+i Pescanova Biomarine Center, cuja abertura deverá acontecer no final do próximo ano, e nove milhões de euros para sistemas SAP.

A nossa estratégia de crescimento baseia-se em três pilares: inovação, já que nesta categoria se pode inovar muito; abertura de novos canais, fundamentalmente o ‘food service’ organizado; e países, já que a marca está pouco desenvolvida em mercados como Itália e Grécia”.

Publicidade

Vendas online vão superar vendas nas lojas físicas no Natal

Fabricantes sentem dificuldades com a experiência pós-venda