in

Nestlé faz nova redução de açúcares em toda a sua gama de cereais de pequeno-almoço em Portugal

Foi em 2005 que a Nestlé introduziu os cereais integrais em todos os seus cereais de pequeno-almoço. Desde então, a quantidade deste ingrediente tem aumentado gradualmente, sendo hoje o ingrediente principal dos cereais da marca.

Toda a gama de cereais de pequeno-almoço foi reformulada, retirando os corantes e os aromas artificiais. A quantidade de açúcares também tem vindo a ser gradualmente reduzida e, desde 1997, que o sal e os açúcares foram reduzidos, em média, 33% nos cereais Chocapic, Estrelitas, Nesquik, Lion e Fitness.

É sabido que o pequeno-almoço é uma refeição muito importante e deve conter cereais (idealmente integrais), lacticínios e fruta, de modo a perfazer 20% a 25% do consumo diário de energia. Estudos recentes confirmam que 95% dos portugueses não abdicam desta refeição no início dos seus dias, havendo 43% que escolhe os cereais de pequeno-almoço como o seu pequeno-almoço de eleição.

Nesse sentido, na sua missão de melhorar o perfil nutricional dos seus produtos, a Nestlé vai fazer uma nova redução de açúcares de 5% em toda a sua gama de cereais de pequeno-almoço, em Portugal, em 2020.

Publicidade

Chocolates da Regina chegam aos voos da TAP

A&D Wines reforça equipa de enologia