in

Nestlé e Veolia unem-se para desenvolver processos de reciclagem

A Nestlé e a Veolia, líder mundial na gestão de recursos naturais, anunciaram uma parceria para trabalharem na recolha, triagem e reciclagem de materiais plásticos, com especial ênfase nas embalagens flexíveis em plástico.

São 11 os países prioritários para a implementação deste projeto e estendem-se da Ásia à América Latina, passando por África e pela Europa.

Laurent August, Senior Executive Vice-President for Development, Innovation and Markets da Veolia, assume-se “muito satisfeito com a oportunidade de estabelecer esta parceria com um líder global no sector de alimentação e bebidas, como a Nestlé, na procura de uma economia mais circular para os plásticos”, acrescentando que “é o momento de avançar para uma reciclagem de materiais em larga escala”.

A parceria agora anunciada irá também explorar tecnologias que permitam estabelecer modelos viáveis de reciclagem nos diferentes países. Tal inclui tecnologias de reciclagem química, como a pirólise, capaz de produzir plástico de qualidade virgem.

Estes processos tecnológicos ajudarão a Nestlé a aumentar, até 2025, a quantidade de materiais reciclados das suas embalagens, atingindo os 35% no caso das embalagens de água engarrafada e em 15% nas embalagens dos restantes produtos. Magdi Batato, Executive Vice-President e Head of Operations da Nestlé, refere que “o desperdício de plástico é um desafio que requer um ecossistema de soluções a trabalhar em simultâneo. Esta parceria é mais um passo para acelerar os nossos esforços no combate a esta questão crítica. Contando com toda a tecnologia e experiência da Veolia, daremos início a esta parceria com a implementação de projetos piloto em vários países, com o objetivo de amplificar estes projetos a nível global”.

Publicidade

Publicidade

Rangel lança portal MyWay

Fatura eletrónica na Sonae gera poupanças de 15 milhões de euros