in

Mahou San Miguel quer que 20% do seu negócio seja internacional em 2020

A Mahou San Miguel aspira que 20% do seu negócio, em 2020, seja internacional. Num encontro com a imprensa, Erik d’Auchamp, diretor geral da unidade de negócio internacional do grupo, detalhou que, atualmente, a divisão internacional do grupo espanhol de bebidas representa 13% do volume de vendas total, com uma evolução positiva e crescimentos de dois dígitos nos últimos anos.

A cervejeira espanhola é a 18.ª maior empresa do género a nível global e a quarta na Europa Ocidental, com uma quota de mercado próxima dos 0,7% e 13,8 milhões de hectolitros comercializados no ano passado. Reino Unido, Guiné Equatorial, Itália, Alemanha, Portugal e países nórdicos são os principais mercados.

50% das vendas ao exterior são feitas no Reino Unido, através de um acordo com a Carlsberg. O mercado português é o segundo mais importante, onde está há 10 anos, com um posicionamento premium e presença em zonas turísticas. Segue-se Itália, onde está presente há 15 anos.

Publicidade

Guerra comercial terá impacto moderado no sudeste asiático

Henkel apresenta bom desenvolvimento no terceiro trimestre