in

Ikea quer tornar-se um fornecedor de energia verde

A Ikea vai adicionar, em breve, energia verde à já enorme lista de produtos que vende. Em primeiro lugar na Suécia, mas, até 2025, a empresa espera ter energia renovável gerada e usada em todos os mercados.

A rede sueca está a lançar um serviço de assinatura de eletricidade verde na Suécia. Os utilizadores obterão eletricidade obtida a partir de fonte solar ou eólica em troca de uma taxa mensal fixa, além de uma tarifa variável.

Os próprios consumidores poderão acompanhar o seu consumo por meio da aplicação Strömma.

O retalhista está a cooperar com o seu fornecedor de painéis solares para fornecer o novo serviço. Segundo a Reuters, a ideia é comprar eletricidade na bolsa de energia escandinava e revendê-la sem sobretaxas.

Ao comprar energia de novas quintas eólicas e solares (a Ikea visa quintas com menos de cinco anos), o grupo sueco quer ajudar a incentivar a sua construção. Além disso, os clientes com painéis solares Ikea podem usar a aplicação para rastrear a sua produção e vender a eletricidade que eles próprios não usam.

 

Energia renovável

A Ikea também quer expandir este projeto de energia renovável para outros países. Até 2025, a empresa pretende permitir que os clientes em todos os mercados onde a sua filial Ingka atua usem e gerem energia renovável por meio dos seus próprios serviços de energia. Atualmente, os consumidores já podem comprar painéis solares em 11 países.

Publicidade

Aryzta

Aryzta vende operações de panificação no Brasil ao Grupo Bimbo

Carlsberg

Carlsberg supera as expectativas trimestrais